Lula coloca sob sigilo valor de coquetel da festa de posse; diretora de ONG protesta

Brasil Dinheiro
Publicidade

O governo Lula colocou em sigilo informações detalhadas sobre os nomes das 3.500 pessoas que participaram do coquetel oferecido no Itamaraty no dia da posse.

Os dados foram solicitados por meio da LAI (Lei de Acesso à Informação) pela coluna Radar, da revista Veja.

Publicidade

O atual presidente criticou diversas vezes o ex-presidente Jair Bolsonaro sobre o sigilo de 100 anos, agora ele usa a mesma justificativa:

“As informações que puderem colocar em risco a segurança do presidente e vice e respectivos cônjuges e filhos serão reservadas.”.

O segredo de Lula causou indignação pela diretora da ONG Transparência Brasil, Marina Atoji.

Publicidade

É uma clara contradição do discurso do presidente em relação ao que criticava e ao discurso de posse em que ele defendeu que a transparência seja cumprida.

Marina Atoji – diretora da Programa da ONG Transparência Brasil

Quanto custou o coquetel da festa de posse de Lula?

Quando indagado sobre o valor dos gastos do coquetel o Ministério das Relações Exteriores, em resposta, indica que os números podem ser encontrados nos sites Portal da Transparência e no Portal de Compras do Governo Federal.

No entanto, a diretora de Programas da Transparência ressalta que a indicação dos dados e valores nas páginas citadas não é feita de forma clara.

Publicidade