CVC promove demissões em massa no início de 2023

Brasil
Publicidade

Nessa última quarta-feira (11), a empresa CVC, uma das principais empresas de turismo do país, através de uma reestruturação interna, anunciou a demissão de cerca de cem funcionários, o que corresponde a 5% do seu quadro. Assim, a empresa alega que quer focar mais no varejo, além de buscar dar mais apoio aos franqueados. As informações são do Yahoo Notícias.

“Ajustes foram feitos em áreas como TI, com redução de terceiros na área, e em áreas de suporte, em função da integração de negócios com as aquisições de empresas”, afirmou a CVC através de sua assessoria de imprensa.

Publicidade

CVC no Brasil

À vista disso, em setembro do ano passado, último dado disponível, a CVC possuia 1.129 lojas no Brasil, de modo que 1.060 delas eram franqueadas. Além disso, na Argentina, haviam outras 102 unidades da marca.

Ademais, a empresa também fez pelo menos onze alterações na gerência, que se divide em por destinos mais procurados pelos consumidores, como Caribe e Bahia. E, também, por tipos de viagem, como aéreos ou All Inclusive.

Demissão

Assim, funcionários demitidos, ouvidos pela Yahoo Notícias, afirmaram que o processo de reestruturação da CVC já vinha acontecendo há algumas semanas. Dessa forma, alguns projetos estavam sendo adiados e até mesmo cancelados para evitar gastos no fim do ano.

Publicidade

No entanto, alguns ex-funcionários afirmam que foram surpreendidos pela demissão pois, de acordo com eles, recentemente, a direção da CVC teria dito em uma live com os funcionários que a empresa estava se recuperando da crise econômica gerada pela pandemia.

Dessa forma, foram apresentadas algumas melhorias como a alta dos pedidos de orçamento de viagens para o Carnaval 2023. Que já registram 95% de aumento em relação ao mesmo período de 2019, antes da pandemia.

Prejuízo

Em síntese, a CVC teve prejuízo líquido de R$ 75 milhões no terceiro trimestre de 2022, valor menor que no segundo semestre, que registrou a perda de R$ 94 milhões, segundo dados do último relatório divulgado pela empresa.

Publicidade

Enfim, de janeiro a setembro de 2022, o prejuízo acumulado da CVC foi de R$ 336 milhões. Além disso, o endividamento já chega a R$ 924,5 milhões.

6 thoughts on “CVC promove demissões em massa no início de 2023

  1. Infelizmente, os cortes começaram em Outubro de 2022. Com mais de 166 desligados e agora com mais de 100 funcionários. A empresa precisa focar na qualidade de atendimento e parar de gastar dinheiro em novos sistemas e publicidades, Como por exemplo, a campanha de 50 anos e shows de drone. Valorizar as pessoas, clientes e funcionários. Essa é a chave para a retomada da marca.

  2. Concordo plenamente essa gestão está perdida. Vocês estão lidando com profissionais que são pais e mães de família. Uma tremenda irresponsabilidade. Parem de comprar empresas e mantenham o trabalho dos funcionários. Péssima gestão.

  3. Irresponsabilidade, em cima de irresponsabilidade. Força meu amigo, também fui uma vítima dessa péssima gestão.

  4. CVC, ajude os funcionários desligados, divulgando uma lista para que os mesmos possam ter recolocação é o mínimo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *