CEO da Apple terá um salário reduzido em US$ 35 milhões, o pedido partiu do próprio executivo

Empresas Internacional
Publicidade

O CEO da Apple, Tim Cook, vai ter salário o drasticamente reduzido neste novo ano. Ela sairá de US$ 84 milhões em 2022 para US$ 49 milhões em 2023. Um corte de US$ 35 milhões, chegando próximo de 40%. Mesmo seguindo uma sugestão do próprio executivo, a diminuição também veio a partir de um feedback dos acionistas e da queda da capitalização de mercado da marca que tem como logo uma maçã.

De acordo com o arquivo de regulatório financeiro divulgado pela empresa em 2023, a mudança segue um ajuste de “equity award value”, algo como o valor de capital próprio do CEO. Ele equivale a mais da metade do salário de Tim e foi estimado em US$ 75 milhões em 2022. Com a modificação, ele chegou a US$ 40 milhões.

Publicidade

Além desse número, Tim Cook também tem US$ 3 milhões de base salarial e um incentivo anual de US$ 6 milhões. Ambos não serão alterados, sendo assim, o total do substito de Steve Jobs será de US$ 49 milhões. É claro, ainda é muito dinheiro.

Porém, vale destacar que essa quantia não é seguida à risca. Por exemplo, em 2022 ele deveria ter recebido US$ 84 milhões, mas acabou ganhando US$ 99,4 milhões, segundo o relatório divulgado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *