Fechar

INSS muda regras do cartão de crédito consignado; entenda o que mudou

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) anunciou mudanças para o cartão de crédito consignado, que nada mais é que um empréstimo com cartão de crédito.

Na mudança o limite que antes era de 35% passa a ser 1,6 vezes maior que o benefício. Portanto, a partir da última quinta-feira (15) o limite passou a ser 70% do valor da margem.

Cálculo e pagamento:

O cálculo é feito considerando a margem da renda mensal do beneficiário. O valor do crédito é descontado direto na conta do recebedor.

A liberação do empréstimo é em até uma semana e com parcelas que variam de 84 meses.

Liberação:

Para autorizar o empréstimo é preciso o beneficiário fazer o reconhecimento biométrico. Observe: as instituições podem cobrar uma taxa de R$ 15 reais, esse valor não pode ser ultrapassado.

Outra coisa importante, os juros do benefício liberado não pode que maiores que 3,06% ao mês. Para o crédito apenas consignado com cartão tradicional com desconto, o limite está previsto em 2,14% mensais.

Os beneficiados nesta mudança são, aposentados, pensionistas, e titulares do Benefício Continuada (BPC/Loas) e da Renda Mensal Vitalícia (RMV), estes têm o direito as duas modalidades de crédito.

Categorias:Cartão de Crédito, Economia, INSS

Marcos Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *