CNN Brasil corre risco de perder R$ 36 milhões se entrar na TV aberta; entenda

Televisão
Publicidade

A filial da emissora internacional com o novo presidente divulgou essa semana um plano para fazer com que a CNN Brasil cresça, sob a administração do empresário João Camargo, o sinal do canal de notícias para a TV aberta chamou atenção do mercado de televisão e conteúdos por assinatura. Porém, um site de notícias do UOL, o NaTelinha, apurou que se houver mudança no modelo de negócio da CNN, as operadoras estariam inclinadas a renegociar seus contratos por discordar de remunerar algo que está disponível de graça ao público. O prejuízo pode chegar à casa de R$ 36 milhões por ano.

Em outubro, de acordo os números divulgados pela Anatel, a base de clientes no mercado de TV por assinatura era de 12,59 milhões de usuários. Neste cálculo, a CNN Brasil corre o risco de deixar de embolsar por mês uma quantia em torno de R$ 3 milhões. Por ano, a perda pode chegar a R$ 36 milhões.

Publicidade

A decisão da CNN Brasil de entrar no sistema de TV aberta ocorre num momento em que o canal enfrenta uma crise financeira. No início de dezembro, a empresa demitiu em torno de 120 profissionais e fechou a filial no Rio de Janeiro.

Com menos de três anos de existência a CNN no Brasil busca sanar um rombo de R$100 milhões de reais.

1 thought on “CNN Brasil corre risco de perder R$ 36 milhões se entrar na TV aberta; entenda

  1. Site de notícias de quem? rsrs
    Grupo Globo? rsrs
    Até parece que a Globo vai incentivar uma concorrência direta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *